Livro História Dos Dogmas 1 - O Deus Da Salvação ( Séculos I - VIII )

Cod. Produto: 13121
Editora:   Edições Loyola
CALCULE O FRETE
Não sabe seu CEP? Então clique aqui.

De: R$ 69,00 Por: R$ 58,65 Em 2x de: R$ 29,33 15% de desconto No boleto ou no Bankline: R$ 55,72

Parcelamento
  • 1x à vista R$ 55,72
  • 2x sem juros R$ 29,33

Ficha técnica

Código de barras:
9788515020386
Dimensões:
16.00cm x 23.00cm
Marca:
Edições Loyola
ISBN:
9788515020386
Número de páginas:
440
Peso:
623 gramas

Sinopse

O primeiro período trata do mistério do Deus de Jesus Cristo e aborda pricipalmente o desenvolvimento que se efetuou na igreja do Oriente. A Salvação entra em cena sobretudo como uma obra empreendida por Deus em favor do homem. Os pontos mais importantes do desenvolvimento ulterior(por exemplo, a questão do Filioque) serão articulados a ela. RESUMO SOB A DIREÇÃO DE BERNARD SESBOÜÉ TOMO 1: O DEUS DA SALVAÇÃO (SÉCULOS I-VIII) DEUS, A TRINDADE, O CRISTO, A ECONOMIA DA SALVAÇÃO B. SESBOÜÉ (CENTRE-SÈVRES, PARIS) J. WOLINSKI (INSTITUT CATHOLIQUE DE PARIS) O primeiro período trata do mistério do Deus de Jesus Cristo e aborda principalmente o desenvolvimento que se efetuou na Igreja do Oriente. Os Padres gregos aparecem em primeiro plano. A salvação entra em cena sobretudo como uma obra empreendida por Deus em favor do homem. Os pontos mais importantes do desenvolvimento ulterior (por exemplo, a questão do Filioque) serão articulados a ela. TOMO 2: O HOMEM E SUA SALVAÇÃO (SÉCULOS V-XVII) ANTROPOLOGIA CRISTÃ: CRIAÇÃO, PECADO ORIGINAL, JUSTIFICAÇÃO E GRAÇA, ÉTICA, FINS ÚLTIMOS L. F. LADARIA (UNIVERSIDADE GREGORIANA, ROMA) V. GROSSI (AUGUSTINIANUM, ROMA) PH. LÉCRIVAIN (CENTRE-SÈVRES, PARIS) O segundo período nos faz passar ao Ocidente e ao domínio da teologia latina. Trata das questões da apropriação do mistério do Cristo pelo homem, em particular do pecado e da graça. A problemática agostiniana condiciona-o amplamente. Evidentemente, o tema da criação do homem à imagem de Deus será retomado com destaque. Esta problemática conduz a uma nova consideração da doutrina da salvação, mais ascendente, na qual se considera antes de tudo aquilo que cabe ao homem. TOMO 3: OS SINAIS DA SALVAÇÃO (SÉCULOS XII-XX) SACRAMENTOS E IGREJA, VIRGEM MARIA H. BOURGEOIS (INSTITUT CATHOLIQUE DE LYON) P. TIHON (UNIVERSITÉ DE LOUVAIN) B. SESBOÜÉ (CENTRE-SÈVRES, PARIS) O terceiro período tem seu ponto de partida na Idade Média latina: é nesta época que vem à luz a consideração técnica dos sacramentos, de sua definição e de seu número. É claro que os Padres tinham falado do batismo, da eucaristia e dos demais ritos que mais tarde tomarão o nome genérico de sacramentos. No século XV aparecem os primeiros tratados da Igreja. A consideração dos sacramentos está no primeiro plano da preocupação do concílio de Trento a da Igreja se torna cada vez mais precisa até as constituições dogmáticas do Vaticano I e do Vaticano II. TOMO 4: A PALAVRA DE SALVAÇÃO (SÉCULOS XVIII-XX) DOUTRINA DA PALAVRA DE DEUS, REVELAÇÃO, FÉ, ESCRITURA, TRADIÇÃO, MAGISTÉRIO CH. THEOBALD (CENTRE-SÈVRES, PARIS) B. SESBOÜÉ (CENTRE-SÈVRES, PARIS) O quarto período aborda as grandes questões que decorrem de uma reflexão fundamental sobre a fé: estas são as mais antigas em seus pressupostos e as mais recentes em sua tematização e sua determinação dogmática. Por isso a conclusão da obra reata com seu ponto de partida. Esta obra em quatro tomos expõe inicialmente os fundamentos do discurso dogmático. Depois, passa às confissões de fé e, mais amplamente, ao desenvolvimento dos dogmas trinitário e cristológico, antes e depois do Concílio de Nicéia (ano 325). Essas considerações já anunciam a intenção da obra: propor, num estilo alerta e vivo, claro e pedagógico, uma pequena suma de história dos dogmas, apoiada na melhor e mais atualizada documentação, sem pretender entrar em todos os detalhes. A dimensão mesma dos quatro volumes não o permitiria. As árvores, portanto, não nos esconderão a floresta. Ainda que seus autores sejam pesquisadores de primeira linha e especialistas no campo de que tratam, a obra não tem como intenção primeira apresentar pesquisas novas, mas sintetizar os melhores resultados dos conhecimentos adquiridos. Ela se apoiará nos trabalhos mais importantes, mas não ostentará erudição. Sua originalidade se situa antes de tudo numa apresentação coerente do percurso e na maneira de recolher os ensinamentos da história dogmática. AUTORES DO TOMO 1: O DEUS DA SALVAÇÃO Bernard Sesboüé, teólogo jesuíta largamente conhecido, é professor da Faculdade de Teologia do Centre-Sèvres em Paris. Foi membro da Comissão Teológica Internacional e é autor de uma obra considerada como clássica entre os teólogos católicos. JOSEPH WOLINSKI é um grande conhecedor dos Padres da Igreja e professor na UER de teologia do Institut Catholique de Paris.

Avaliação do produto

(Baseado em 0 Avaliações)

Avaliar este produto

0%