Série Comentários Bíblicos - Romanos

Se porventura conseguirmos atingir uma genuína compreensão dessa Epístola, teremos aberto uma amplíssima porta de acesso aos mais profundos tesouros da Escritura.

Cod. Produto: 17011
Autor(es):  João Calvino
Editora:   Fiel
CALCULE O FRETE
Não sabe seu CEP? Então clique aqui.

De: R$ 60,00 Por: R$ 51,00 Em 2x de: R$ 25,50 15% de desconto No boleto ou no Bankline: R$ 51,00

Parcelamento
  • 1x à vista R$ 51,00
  • 2x sem juros R$ 25,50

Ficha técnica

Código de barras:
9788581321738
Dimensões:
14.00cm x 21.00cm
Marca:
Fiel
ISBN:
9788581321738
Número de páginas:
598
Peso:
957 gramas

Sinopse

Se porventura conseguirmos atingir uma genuína compreensão dessa Epístola, teremos aberto uma amplíssima porta de acesso aos mais profundos tesouros da Escritura. O homem encontra sua justificação única e exclusivamente na misericórdia de Deus, em Cristo, ao ser ela oferecida no evangelho e recebida pela fé. - João Calvino.

Sobre o autor:

João Calvino, advogado, pastor, teólogo e reformador da Igreja no séc. XVI, nasceu em Noyon, França, em 10 de Julho de 1509, e morreu em Genebra, Suíça, em 1564. Dotado de mente brilhante e erudição em medida incomum, dedicou todo seu talento ao serviço de Cristo e de sua Igreja. Calvino destaca-se pela firmeza e precisão de suas convicções bíblicas e gigantismo de sua teologia. Não obstante, quando escrevia ou pregava, apresentava a mensagem do Evangelho com humildade, simplicidade e submissão absoluta às Escrituras.

Em 1528, com 19 anos, iniciou seus estudos em Direito e, depois, em Literatura. Em 1532 escreveu seu primeiro livro, um comentário à obra De Clementia de Sêneca. Em 1533, na reabertura da Universidade de Paris, escreveu um discurso atacando a teologia dos escolásticos e foi perseguido. Possivelmente foi neste período 1533-34 que Calvino foi convertido pelo Senhor, por influência de seu primo Robert Olivétan.

Em 1536, a caminho de Estrasburgo, encontrou uma estrada obstruída, o que o fez passar a noite em Genebra. Como sua fama já o precedia, Farel o encontrou e o convenceu a permanecer em Genebra para implantarem a Reforma Protestante naquela cidade. Começou a escrever a obra magna da Reforma - As Institutas da Religião Cristã. Em 1538 foi expulso de Genebra e viajou para Estrasburgo, onde trabalhou como pastor e professor. Casou-se com uma viúva anabatista chamada Idelette de Bure. Em 1541 foi convidado a voltar a Genebra. Em 1559 escreveu a edição final das Institutas e, no decorrer de seus poucos anos de vida, escreveu tratados, centenas de cartas, e comentários sobre quase todos os livros da Bíblia.

Avaliação do produto

(Baseado em 0 Avaliações)

Avaliar este produto

0%